BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

sábado, março 18, 2017

Bela Cozinha tinha razão?

Bela (cozinha) avisou: não comam carnes! Substituam a carne por linhaça, por exemplo. Argh! (foi a resposta de muita gente). Até porque o Tony Ramos (renomado ator brasileiro) nos disse que 'carne de qualidade tem nome'. Friboi? Apostei no Tony. Como substituir a carne se até a Angélica gosta de salsicha (sem duplo sentido, por favor!)?
Presunto só Seara (ou Perdigão, ou Sadia). Enquanto isso, o Luís Augusto mofava nos frigoríficos. 

Luís Augusto, perdão!


A Fátima Bernardes disse que nós íamos nos surpreender com a qualidade da marca que ela é garota propaganda. Suuuurrrrpresa!
O Rei Roberto Carlos ganhou dinheiro com isso também, mas como não é bobo, não comeu a carne.
Claro que nenhum deles têm culpa por todo o papelão (de papel mesmo) ingerido por nós, dos ácidos cancerígenos etc. [mas]
Todos faturam alto sim, e agora pagam o preço por apoiarem as marcas.
Por isso, por se associarem à marca, não têm o direito de reclamar.
Segue alguns memes (claro que a internet não ia deixar barato), mas o assunto é sério. Ponto para a Bela Cozinha.

Lembrando que a Bela foi até o Encontro da Fátima fazer churrasco de melancia e todos riram, fizeram cara feia etc.

Às marcas: que papelão, hein?

Haja Tonys, Fátimas, Robertos e Angélicas para fazer o consumidor voltar a confiar nas marcas.


A vegetariana Angélica finge comer cachorro-quente: "Eu adoro cachorro-quente", disse ela na época.

Receita de feijoada:
1 kg de feijão.
Água.
Sal.
Alho e cebola fritos.
Papelão a gosto.

Carne adulterada tem nome.

Se for presunto, não escolha o S (nem o P).

Valeu Bela.

terça-feira, fevereiro 28, 2017

Globo não quer saber de Xuxa

8 segundos. Os fãs de Xuxa, que aguardavam a rainha no Carnaval 2017, pela Grande Rio, que homenageou a grande amiga dela, Ivete Sangalo, puderam ver a performance de Xuxa por apenas 8 segundos. Fátima Bernardes, a apresentadora do Globeleza, meio que engasgou ao pronunciar o nome da loira da Record. Claro que a postura da Globo não passou em branco. Choveram memes.
Quase 29 anos de empresa, que aparentemente não serviram para nada. 
Xuxa, que completa 54 anos daqui um mês, está em plena boa forma (vide foto).

quarta-feira, fevereiro 22, 2017

Por que a Globo não aposta num programa de auditório para Angélica?

Angélica não é a minha apresentadora favorita, mas também não quer dizer que não goste dela. A loira chegou na Globo em 1996 para suceder a TV Colosso e resgatar o público perdido no horário, o que, de fato, conseguiu, por muitos anos, até em meados de 1999, uma outra loira, a Eliana, começar a incomodá-la nas manhãs. Angel Mix virou Bambuluá e a carreira de apresentadora infantil se esgotou. 
Angélica estreou o Vídeo Game, bom quadro do Vídeo Show, e apresentou muitas edições do Fama, reality musical do início dos anos 2000, até que a Globo resolveu dar um programa só dela: o Estrelas. E lá se vão 11 anos.
Com a saída de Xuxa da Globo, há dois anos, tudo parecia que, enfim, a emissora daria um show para Angélica. Seria a ordem natural das coisas. Angélica sempre foi a substituta natural de Xuxa. Em 1986, quando Xuxa foi para a Globo, Angélica a substituiu no Clube da Criança. No ano de 1996, Angélica assumia as manhãs diárias da Globo, numa tentativa de ressuscitar a hegemonia do Xou da Xuxa (1986-1992). Xuxa, na época, estava bem feliz com o Xuxa Park, aos sábados. Portanto, por que, após dois anos da saída de Xuxa, a Globo ainda não deu um programa de auditório para Angélica?
A "rival" Eliana se deu muito bem com seu programa de domingo, no Sbt, apesar de ser um show mais ou menos o de Eliana (das três, Eliana foi a que mais se deu bem ao abandonar as crianças). Xuxa ainda tenta alavancar a audiência na Record. Vem aí o Dança da Xuxa, que a Record insiste em deixar nas noites de segunda, ao invés de optar pelo sábado à tarde. Já Angélica tem toda a estrutura da Globo, todo o elenco estelar da emissora, fora que seria um diferencial aos sábados. O Estrelas não é bom, mas também não é ruim, ou seja, a loira da pinta pode muito mais.
Outra coisa: Angélica não precisa ficar como sombra de Huck. O conselho vale para a Globo e, principalmente, para Angélica, que ficou confortável com a situação.