BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

quinta-feira, agosto 18, 2016

Reaja, Zilda (Thalma de Freitas em Laços de Família)

A escrava Zilda, personagem de Thalma de Freitas, da reprise de Laços de Família, no VIVA, é pau para toda obra. Zilda cuida dos filhos dos outros, lava, passa, limpa, cozinha e só vai dormir quando os patrões não precisarem mais de seus serviços. Acorda cedo e tem apenas um dia de folga na semana. Muitas vezes (quase sempre) abdica desse dia para o quê? Cuidar dos filhos dos outros. Porque gosta, como ela sempre diz. Zilda tem medo de dizer 'não'!
Certa vez, fez pipoca para a turma e ficou de pé, na sala, vendo o filme. Ninguém se incomodou em acomodá-la (nem que fosse sentada no chão). Ficou lá, em pé, com os olhos grudados na tela da TV. OBS.: Havia cadeiras vazias pela casa.
Em 2000, ano da novela, nunca havia me ligado que Zilda era uma escrava, em pleno anos 2000.
Por que eu era mais novo ou por que estávamos acostumados a isso?
Em 2016 a forma como a heroína Helena (Vera Fischer) trata sua empregada me choca.
Zilda prepara com todo amor e carinho uma salada (Helena só come saladas) para sua dona e ela simplesmente ignora.
Zilda faz tudo por eles, vive por eles, mas não é um membro da família, é apenas uma empregada. Sem direitos, apenas deveres. É algo na família que acontece e todos pedem para que ela se retire. Zilda não tem vida própria, não namora, não se diverte. Ah, Zilda! Reaja, Zilda!
Como Laços já foi exibida, dói ter a certeza que Zilda continuará dessa forma até o último capítulo, apenas sendo um capacho da bondosa, rica, forte, linda e guerreira Helena. Se estou com raiva da Helena? Quem não ficaria?

quinta-feira, agosto 04, 2016

O nu artístico de Tatyane Goulart

A bela Tatyane Goulart, da Rede Record, foi clicada (nua) pelo fotógrafo Elvis Moreira e o resultado agradou em cheio os cuecas de plantão. No Instagram, a atriz escreveu: "Quem me conhece sabe o quanto sou reservada. Mas para esse projeto do fotógrafo @elvisnm me despi de pudor, vergonha, autocrítica, e todas essas coisinhas que dia após dia nos torna pessoas mais rasas e pequenas. A beleza vai muito além. Cada "imperfeição" no meu corpo me faz a mulher MARAVILHOSA que eu sou. Vejam outras lindas mulheres em @essaminhamulher e se inspirem. É hora de se apropriar da sua própria beleza!". Muito gata.

Quem quer comprar a boneca da Xuxa?



Primeiro foi sua badalada participação no Porta dos Fundos, da trupe de Fábio Porchat, agora Xuxa Meneghel resolveu rir de si mesma outra vez, mas para o Netflix. “Mais aberta”, a loira protagoniza um comercial onde faz piada com o suposto “pacto demoníaco”, que tanto assombrou sua carreira. Direto dos anos 80, Eleven sintoniza a Xuxa lendo uma cartinha misteriosa da Joyce, de Hawkins. Parece que uma coisa muito estranha aconteceu com o baixinho dela. O que será? Confira no vídeo a seguir. Um “joia” bem grande para a apresentadora. Muitos risos com ela.

quarta-feira, agosto 03, 2016

Clipe de lançamento: Justiça, minissérie da Globo estreia em agosto

Veja o clipe de lançamento de Justiça, com Adriana Esteves e grande elenco.

terça-feira, agosto 02, 2016

O fenômeno Eta mundo bom!

Falar bem de Eta mundo bom! é chover no molhado. De todas as novelas no ar, a das seis da Globo é a mais redondinha e a resposta está na alta audiência. Em janeiro escrevi um post afirmando que a trupe da fazenda era a melhor coisa no ar e nada mudou.
Todos os integrantes da família buscapé são um espetáculo à parte. 
Eta mundo bom! é garantia de riso e de boa história. E muitas vezes é emocionante.
Bravo! Bravíssimo!
Walcyr Carrasco lembro da seção Parabólica, da Revista Contigo!, lá nos idos de 1994, 95. Era um crítico de TV sagaz. Sabia das coisas. Como autor assinou Xica da Silva, Fascinação, O cravo e a rosa, Chocolate com pimenta, Alma gêmea, Morde e assopra, Gabriela, Amor à vida, Verdades secretas e Eta mundo bom!
Dele não gostei de Caras e bocas (que foi sucesso), A padroeira e Sete Pecados (que não foram sucessos).
Walcyr comeu bola só duas vezes.
Foram 11 acertos (contando com Caras e bocas que achei meia boca).
Walcyr entende de novela. Sabe agradar o público e é o autor que mais atraiu público nos anos 2000 para cá.
Eta mundo bom! é simples, tem uma narrativa aconchegante, é entretenimento puro, saudável e divertido. Mereceu o recorde de 34 pontos semana passada e merece bem mais. Prova viva que o público gosta ainda de novelas. De novela das boas.
Confesso que sou apaixonado pelas novelas dos anos 1990, começo dos anos 2000, e que o Viva é parada obrigatória, mas isso é coisa de gente nostálgica, que aprecia novelas sim, mas que gosta de matar a saudade daquele tempo bom, porém, todavia, entretanto, Eta mundo bom! de nada deve no quesito bom folhetim.
A pegada de Mazzaroppi é o ponto alto da novela.
Da trama apenas não simpatizo com Eriberto Leão, Débora Nascimento e Flávia Alessandra. Nessa ordem.
Mais parabéns: para o diretor artístico Jorge Fernando.

Lista dos 15 melhores:


  1. Candinho.
  2. Mafalda.
  3. Zé dos porcos.
  4. Cunegundes.
  5. Eponina.
  6. Maria. 
  7. Pancrácio.
  8. Pirulito.
  9. Quinzinho.
  10. Josias.
  11. Quincas.
  12. Manuela.
  13. Anastácia.
  14. Dita.
  15. Clarice.

Show da Sasha




Sasha fez 18 anos dia 28 último. Como assim 18? Estive presente no seu nascimento. Assisti a seu parto. Grudado no JN, ao lado da Fátima e do Bonner. Xuxa muito parecida com seu maior ídolo, Michael Jackson. Os factóides de Xuxa em seu ápice. Sasha foi a criança mais fotografada do Brasil. Os olhos estavam todos em cima dela, coisa que desde pequena ela não gostava. Sasha não puxou a mãe. Aos 18, Sasha está longe dos holofotes, nem tanto assim. Segue fotos de Sasha com 18 anos.
Ops! Parabéns, atrasado. Sucesso, grana (mais?), namoros, felicidades, essas coisas todas.

Mochilão da Sasha (fotos revista Vogue):









Sasha com a mãe, Xuxa: