BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

domingo, novembro 22, 2009

Como Surgiu o Chapolin?



Em 1970, Chespirito apresentava um programa semanal na TV TIM, quando teve a idéia de interpretar um Super-Herói. Um Herói sim, mas um héroi humano. Um personagem que fosse um exemplo para as crianças e que não tivesse nenhum super poder, que lutasse contra uma grande variedade de inimigos e contra seu próprio medo. Assim nasceu o Chapolin. Para o uniforme, Chespirito tinha 4 cores: Preto, Branco, Azul e Vermelho. O Preto simbolizava a morte, e logo foi descartado. O Branco se associaria a algumas religiões, e também caiu fora. Sobraram o Azul e o Vermelho. Como o primeiro atrapalharia o efeito "Cromakey" como por exemplo quando o Chapolin aparecesse em uma nave de papel pelo Espaço Sideral, o jeito foi se virar com o Vermelho. Assim também se juntou ao nome "Chapulín" o "Colorado" pela cor do uniforme. Nos primeiros episódios a falta de estrutura da pequena emissora local em que era exibido era mais que evidente. Poucos atores participavam, entre eles se destacavam Ramón Valdez e Maria Antonieta de las Nieves, que já trabalhavam no programa de Chespirito desde 1968. Os capítulos tinham em média 10 minutos de duração, ainda dentro do Programa "Chespirito". Lá surgiram, ainda como figurantes, Florinda Meza e Carlos Villagrán.
Em 1973 Chespirito se mudou para a recém formada Rede da Televisa. Com o fim do canal TV TIM foi decidido que em lugar de um grande Programa Semanal, Chespirito produziria "El Chavo del Ocho" e "El Chapulín Colorado" em dois programas de 45 minutos cada, com 2 episódios em cada programa. E o nosso Chapolin foi também o escolhido para abrigar quadros tradicionais, como o Dr.Chapatim que sem lugar na Programação acabou aparecendo ocasionalmente no programa do vermelhinho, em sketchs de 10 minutos. Até 1975 foi a chamada fase das Grandes Aventuras, em que Chapolin enfrentou desde ladrões comuns até mafiosos e bandidos do Velho Oeste. Aí surgiram seus grandes inimigos, como Racha Cuca, Tripa Seca e o malvado Pirata Alma Negra. Em 1978, pouco antes da saída de Carlos Villagrán, Chapolin passou a atuar mais como um contador de histórias, contando e as vezes participando de grandes épicos do cinema e da literatura mundial. Em 79 já sem Villagrán e de Ramon Valdez a série passa a ser formada por remakes de episódios das primeiras temporadas.

Nos anos 80 e começo dos 90, Chespirito resolveu reviver um de seus mais famosos personagens. Junto com seus velhos companheiros de atuação fez diversos remakes de episódios clássicos do vermelhinho, além de produzir novas histórias. A série só foi acabar definitivamente em 92, três anos antes do final do semanal de Roberto Gomez Bolaños. Mas o Chapolin, o maior super herói da América Latina permanecerá para sempre vivo na memória de seus fãs, que assistem a suas reprises e se divertem com suas piadas. Então Chapolin, sou eu quem digo: "Não contavam com a sua astúcia !!!".



 

Nenhum comentário:

Postar um comentário