BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

terça-feira, dezembro 22, 2009

Os melhores da TV em 2009

Depois de uma minuciosa retrospectiva, Mr. TV avaliou os melhores do ano e os elegeu conforme suas respectivas categorias. Participe também, opinando sobre os resultados, enviando críticas, escolhendo os seus favoritos, ou mesmo, concordando com os escolhidos. 


MELHOR NOVELA OU MINISSÉRIE



Foi um ano bom no quesito teledramaturgia. Tivemos Caras & Bocas, Cama de Gato (ambas no ar), Paraíso, Caminho das Índias, a recente Cinquentinhas. Mas bastaram apenas 8 capítulos para coroar a minissérie Maysa - Quando fala o coração como a vencedora dessa categoria. Escrita com o maior cuidado por Manoel Carlos e muito bem dirigida por Jayme Monjardim, a trama foi espetacular em todos os sentidos. Serviu como informação, cultura e entretenimento. Larissa Maciel foi uma das grandes surpresas do ano e incorporou a personagem-título com maestria. 

MELHOR ATOR


O ano de 2009 foi de Mateus Solano. Em Maysa, ele deu vida à Ronaldo Bôscoli e fez bonito, mas é na atual novela das 8 Viver a Vida que Mateus conquistou o auge. O ator se desdobra ao encarnar os gêmeos Miguel e Jorge e os faz com tamanha verossimilhança que qualquer um que acompanha a novela nota qual dos irmãos está em cena. Bravo!

MELHOR ATRIZ


Cássia Kiss conseguiu se superar ao encarnar a beata Mariana, a mãe da Santinha de Paraíso. A personagem começou meio incrédula, mas bastou alguns capítulos para que a atriz a transforma-se na melhor personagem feminina do ano nas novelas. Mariana tinha tudo para cair em seu próprio ostracismo, mas nas mãos de Cássia tudo foi diferente. Houve cenas de humor, de emoção. Tudo na medida certa. 

ATOR COADJUVANTE


Bruno Gagliasso consolidou de vez sua carreira na TV na pele do perturbado Tarso de Caminho das Índias.  A caracterização, o olhar, a sensibilidade e a emoção de Bruno  foi, com a mais absoluta certeza, a divindade em cena. O ator vem de personagens sólidos, todos com uma emoção carregada, e com Tarso não foi diferente, ou melhor, foi superior. Foi o melhor personagem do ano. O melhor construído, o mais difícil, o mais bonito de se ver. Bruno deu um show de interpretação, mais uma vez.

ATRIZ COADJUVANTE



Apesar da personagem ser um pouco chata, impossível não se curvar ao talento de Alinne Moraes. No ar na novela Viver a Vida da Globo, a atriz emociona, irrita, empolga e enche de esperança muitos corações na pele da tetraplégica Luciana. Alinne é a ascensão em pessoa. A cada trabalho ela melhora, se supera. Quem ganha é o telespectador, que se envolve com personagens bem construídos.

REVELAÇÃO DO ANO


 Clara Castanho como Rafaela. Extremamente talentosa. Extremamente nheco-nheco. Extremamente linda. Vamos parar por aqui, senão vou passar o post inteiro listando vários adjetivos a enaltecer o grande talento dessa pequerrucha. Parabéns Clarinha.

ATOR CÔMICO


Sai ano, vem ano e Pedro Cardoso continua no topo. Agostinho Carrara, o divisor de águas na carreira do ator, com certeza, é o personagem mais querido da TV, em quase 9 anos sem interrupção. Um feito!

ATRIZ CÔMICA


Lá em Pato Branco e em todo o Brasil a atriz Alessandra Maestrini é unanimidade. Bozena vai sair do ar esse ano junto com toda a trupe de Toma lá da cá, mas o personagem vai ficar marcado para sempre na memória dos brasileiros. Tchau Bozena, a gente um dia se vê 'daí'.

MELHOR PROGRAMA DE HUMOR


Não tem como não rir com a turma do Pânico. Por mais que alguns artistas saiam feridos das brincadeiras, às vezes, de péssimo gosto, é notável a criatividade de todo o grupo. E eles são engraçados mesmo, todos, sem exceção. Um baile de humor no já desgastado Casseta & Planeta.

MELHOR PROGRAMA DE AUDITÓRIO



Os programas de auditório que se destacaram durante o ano de 2009 foram o Altas Horas, de Serginho Groisman e o Caldeirão de Luciano Huck, mas foi o TV Xuxa a surpresa do ano. A atração, escondida aos sábados de manhã, elevou a audiência do horário e conseguiu entreter todos os gostos. O programa de Xuxa é divertido, inovador, romântico, emocionante (sem ser piegas) e o melhor, sem cair no sensacionalismo, algo pouco comum hoje na TV. 

MELHOR APRESENTADOR DE TV


Se um dia existir alguém que suceda Silvio Santos, esse alguém se chama Luciano Huck. Impressionante a evolução do animador frente às câmeras. Ele é divertido poque é divertido. É unânime no quesito, ninguém rivaliza com ele quando o assunto é melhor apresentador de TV, ops, tem o Silvio na área. Mas até o Silvio Santos vai concordar: o ano foi do Huck.

MELHOR APRESENTADORA DE TV


Xuxa viveu o melhor ano desde o fim da parceria com Marlene Mattos em 2002, mas é de Eliana a categoria melhor apresentadora de TV do ano. Só deu a loira do SBT, ex-Record, ex-apresentadora infantil na telinha. Apesar do seu programa não ser aquelas coisas, Eliana vem fazendo bonito na guerra dos domingos batendo de frente com os maiores nomes do mundo televisivo e, acreditem, está se saindo muito bem. Mereceu ser escolhida.

MELHOR TELEJORNAL


O Jornal Nacional comemorou este ano 40 anos de existência e fez mais: mudou a linguagem, cenário e parece mesmo estar mais próximo do público. O JN do Brasil é o melhor telejornal do ano!

MELHOR ÂNCORA DE TELEJORNAL


Ele apareceu tímido na TV e de repente Tadeu Schmidt aconteceu. À frente do Fantástico junto de Patricia Poeta e Zeca Camargo, Tadeu se destaca pela criatividade que esboça frente as câmeras e atrás delas. O esporte quando comentado por ele torna-se ainda mais precioso, mais divertido, tudo parece tão simples que até a mulher mais desinformada no assunto entende. Tadeu Schmitz é a bola da vez.

MELHOR PROGRAMA INFANTIL


Essa foi a categoria mais difícil a ser analisada. Ao contrário dos áureos tempos do Xou da Xuxa, Bozo e etc, a TV hoje em dia não produz nada muito interessante para o público infantil. Pensando nisso, optei em escalar a série Chaves como o grande vencedor desse quesito. É um tapa com luva de pelica às TVs do Brasil que insistem em valorizar apenas a audiência e esquecem da qualidade. Votar no Chaves, um enlatado mexicano com cheiro de naftalina (não que o mesmo não mereça, afinal o programa é bom), é gritar por socorro, pedir   pelo amor de Deus um programa digno, educativo (sem ser chato) as crianças dos anos 2000, que merecem sim algo de qualidade.

MELHOR PROGRAMA FEMININO


O Mais Você sofre a duras pernas para se manter em primeiro, mas mesmo com a forte concorrência ainda é o maior programa feminino do país. As mulheres se veem em Ana Maria Braga e ela ama esse público. Mais Você, o melhor programa feminino do ano de 2009.

MELHOR PROGRAMA DE ESPORTES


Luis Ernesto Lacombe comandou este ano o Placar da Rodada. Dinâmico, o programa apresenta em questão de alguns minutos tudo o que rola por todos os campeonatos pelo país afora. Uma bola dentro da Globo.

MELHOR REALITY SHOW


Os realities foram muitos. Eu, particularmente, não gosto. Tanto é verdade que dificilmente se vê alguma notícia referente a esses programas no Mr. TV, mas alguém tem que sair vencedor. Vejamos: Big Brother, A Fazenda, Menina Fantástica, Ídolos, Qual é o seu talento?, Esquadrão da Moda, Supernanny, Troca de Família, Simple Life - mudando de vida, O Aprendiz... O vencedor é O APRENDIZ. Sem mais...

MELHOR SERIADO NACIONAL


O ano foi bom nesse quesito. A TV Globo atacou de A Grande Família (esse já é de casa), Força Tarefa, Ó Paí Ó, Aline, etc... A Record esquentou com A Lei e o Crime. Mas é de A Grande Família o título. Mais do que merecido!

ENLATADO DO ANO


A Globo começou 2009 com a série Prison Break nas madrugadas. Saudades de Michael, Sara, Lincoln... Mas o escolhido é de outra rede de televisão. Brooklyn 1985: isso mesmo, o vencedor é o carinha que mora logo ali. Todo mundo odeia o Chris é genial. E só ele tem uma mãe que tem um marido que trabalha em dois empregos!  Rs!

Nenhum comentário:

Postar um comentário