BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

quarta-feira, janeiro 06, 2010

Os famosos QUEM (?) ESTÃO CHEGANDO (Argh!)

Se já não bastasse A Fazenda e seus famosos nem tão famosos assim, vem aí o Big Brother Brasil 10 e seus anônimos que num passe de mágicas ficarão mais famosos que os famosos de A Fazenda. É isso mesmo! BBB é sucesso absoluto, dá dinheiro, mais ibope que novela das 8 (com Viver a vida vai ser mamão com açúcar) e leva na bagagem estrutura e criatividade ímpar. Mas mesmo assim não vejo graça nesse tipo de programa. É a mesma rotina sempre. O nada versus nada explodindo na TV, nos círculos de fofocas país afora. Revistas, sites, só da Big Brother. Ao contrário do reality da TV Record, o da Globo puxa para um lado novelesco, onde se formam panelinhas e historinhas de deixar até Manoel Carlos pensativo "Por que não pensei isso para a história de Helena", há mocinhos e mocinhas, vilões da pior espécie, dramas, personagens carregados de humor, outros nem tantos e muita muita baixaria. Ofereceu uma festinha regada a muita bebida, pode contar, ou se formará outro par romântico (há chances de haver traição nesse enredo!) ou aquela briga, aquela tão esperada da mocinha se enfurecer com a vilã, acontecer. Daí, caros amigos, é picos de audiência nas alturas. E a Globo faturando. Faturando alto com algo simples, uma bobagem sem nexo, mas que agrada a uma boa parcela da população, que torce de verdade, com garra, perseverança. Os paredões com os mais queridos (ou os mais odiados) costumam ultrapassar a marca de 50 milhões de votos.  Serão três meses em que Gloria Pires, Fernanda Montenegro, Tony Ramos e outros do mesmo porte não terão a mínima importância pela mídia. Por que noticiar que Xuxa quer adotar um filho se fulana está debaixo do edredon com ciclano ao vivo na TV? Não que isso tenha relevância, mas serve de exemplo de como essas novas celebridades ocupam um espaço devastador em toda a imprensa. Que abril chegue logo, pois os fogos de artíficios dentro da casa mais vigiada do Brasil apenas começaram...

Nenhum comentário:

Postar um comentário