BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

sábado, janeiro 16, 2010

A polêmica de Sandy



Em seu Twitter, Sandy questionou a atenção constante dada ao Haiti pelo Brasil - após um terremoto ter assolado o país caribenho - e entrou em uma polêmica com seus seguidores, nesta quinta-feira (14). A cantora ressaltou que os brasileiros também deveriam se preocupar com a situção das pessoas que sofrem com as catástrofes em nosso País.
“Tudo bem que a quantidade de vítimas foi bem maior no Haiti do que a de vítimas de catástrofes aqui no Brasil; mas tenho ouvido muito mais notícias de gente se mobilizando para ajudar o Haiti do que eu vi acontecer por aqui.  Será que isso é justificável?”, escreveu a cantora. “Não tô querendo desmerecer a tragédia que ocorreu por lá, mas…”, continuou.
Depois de receber diversas mensagens de pessoas questionando esta declaração, Sandy escreveu: “aos ignorantes de plantão: eu não disse que não deveria ajudar, muito pelo contrário; só acho que o Brasil merece mais atenção do que tem tido”.  Logo depois, Sandy colocou links para as pessoas ajudarem o Haiti e aos desabrigados do Rio Grande do Sul. (Fonte: Abril.com).
O Brasil tem carência de muitas coisas, tem seu sistema falho e sensível à tragédias, porém o Haiti é o país mais pobre das Américas. Oito entre dez haitianos vivem abaixo da linha da pobreza, o país sobrevive basicamente de ajuda internacional.... Não há água, comida, hospitais, cemitérios nem assistência suficientes... Não há Forças Armadas (Exército, Marinha e Aeronáutica foram dissolvidos ainda na decada de 90)!!! Sinceramente, o Brasil é grande! Se acontece um coisa dessas em um lugar, o resto do país se mobiliza para ajudar. E quanto aos haitianos? O País foi todo destruído! Corpos se misturam com feridos pelas ruas. Não há luz, telefone, nada!  E quem será por eles? Quem vai ajudá-los? Teoricamente Sandy foi infeliz em sua declaração. Teoricamente! Explico: quantas famílias no Nordeste brasileiro não tem o que comer? Várias! Há pouco tempo, assisti uma reportagem onde uma mãe prepara o almoço dos filhos. Na panela: água suja, alguns grãos de feijão e acreditem, não tinha sal! Impossível não se comover com uma situação dessas. Uns dizem: "Sandy fez cagada!". Pode até ser, mas não acredito que ela tivesse tido a intenção de menosprezar o que os haitianos estão passando, até porque muitos brasileiros também foram vítimas.Talvez o que Sandy quis dizer é (e eu prefiro acreditar nisso!) que o Brasil, seu governo e sua gente, deveriam tirar como exemplo a fatídica tragédia ocorrida no Haiti e procurar meios para dar um basta na miséria que existe em alguns pontos do país. Todo ser humano tem o direito de viver com dignidade. Água, comida, estudo, trabalho e um tempo para lazer são pontos fundamentais para uma sociedade mais justa e mais feliz. Uma declaração bombástica como essa, de uma figura conhecida do grande público, tem seu lado positivo. Se Sandy, uma menina rica, conseguiu enxergar as falhas desumanas existentes no Brasil, quem sabe, os políticos (sonhar não paga imposto) acordam e começam a trabalhar para um futuro mais decente ao nosso povo. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário