BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

sexta-feira, janeiro 15, 2010

Tempos difíceis na Globo? Muito cedo ainda para saber


Ando lendo algumas críticas a respeito da telenovela Tempos Modernos da Globo, que estreou na última segunda-feira. Todas comparando-a com a antecessora Caras & Bocas. Na minha singela opinião, acho muito cedo ainda para acusá-la de ser um fracasso. Mas se é para comparar ao último folhetim das sete, vamos lá. Os primeiros capítulos estão na casa dos 27 pontos, a mesma marca das primeiras oito semanas de Caras & Bocas, tanto é verdade que a média final da história de Walcyr Carrasco foi de 31 pontos, o que  não considero um número tão expressivo assim. (Fonte: http://www.oplanetatv.com.br/). A novela que teve como foco principal um macaco que fazia lindas pinturas explodiu depois de mais de dois meses no ar. E fez mais barulho por conseguir superar a audiência de uma novela das oito. Mas Caras & Bocas só venceu Viver a Vida no Ibope porque a mesma caiu por terra. Manoel Carlos quis contar sua novela de maneira devagar (ficou bravo quando foi advertido e prosseguiu com o erro), e sua lenga lenga acabou distanciando os telespectadores, que querem ver ação, histórias mirabolantes, querem entretenimento. Ninguém liga a TV hoje em dia, vide internet em tempo real, para se contentar com uma histórinha água com açúcar, ainda mais em horário nobre. O público brasileiro é entendedor de novelas e não perdoa quem faz corpo mole. Sobre Tempos Modernos, a novela ainda não decolou, alguns atores ainda não descobriram seus personagens, porém ainda não me sinto preparado para fazer críticas justas e sinceras sobre cada ator, mas nota-se que a história precisa de um conteúdo mais popular, precisa se popularizar, nada difícil para uma novela que tem na bagagem bons diretores, bons atores e um bom autor. Bosco Brasil vai longe, mas precisa urgentemente promover um boom nos seus personagens. E Aguinaldo Silva hein, onde está a supervisão do melhor autor do Brasil (título que o próprio se auto premiou)?

Nenhum comentário:

Postar um comentário