BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

sexta-feira, setembro 30, 2011

A lingerie da discórdia


Pegando carona com o último post (aquele ali em baixo), mais uma do conservadorismo babaca.  A übermodel Gisele muito rica Bündchen aparece em três novos comerciais da marca Hope. Segundo os moralistas de plantão a propaganda promove o reforço do estereótipo equivocado da mulher como objeto sexual de seu marido, ou seja, senta que lá vem censura. Oh, não, de novo não! Por meio de nota, a Hope disse que a propaganda teve o objetivo de mostrar, de forma bem-humorada, que a sensualidade natural da mulher brasileira pode ser uma arma eficaz no momento de dar uma má notícia e que, utilizando uma lingerie Hope, seu poder de convencimento seria ainda maior. 
Mas o que querem essa gente, meu Deus, campanha de lingerie sem mulher vestida de lingerie? No site de entretenimento da Folha (o F5) um colunista falou isso aqui: "Homem sente tesão instantâneo, não importa se for hétero ou homo. E quando bate o tesão, ah, nada mais interessa. Nem mesmo se o foco desse desejo acabou de bater o carro. De novo". E a proposta foi exatamente essa. 
Veja o vídeo:

7 comentários:

  1. Eu tô pra fazer um post sobre isso tb, mas deixei pra semana que vem. Vc sabe como eu sempre falo de direitos da mulher, de mau uso da imagem delas na publicidade. E aí vem essas mal-comidas e implicam com um comercial desses, é de dar vergonha. Apelar contra uma bobaginha dessas é dar atestado de burra que não entende um mínimo de humor (fora que o "objeto" no comercial é o homem e não a mulher).

    Menos mal pra Hope, que com esse estardalhaço todo garantiu a fixação da marca na mente dos brasileiros.

    Feministas uó.

    ResponderExcluir
  2. Puta que pariu, que mulher bonita esta Giselle viu.

    E como foi refoçado, seja hetero ou homo, dá um tesão de ver esta mulher ahahaha.

    Tanta coisa para se preocuparem e dão bola pra isto. Mulher objeto nada. Uma coisa é Giselle e outra coisa é dona de casa colocar a tal lingerie e falar para seu marido que bateu o carro.

    A hope está é incentivando, na minha humilde opinião, que a mulherada precisa se valorizar, colocar uma lingerie bacana, independente do momento.

    Vamos ver no que dá. Ou quem vai dar primeiro. De hope, é claro!

    ResponderExcluir
  3. Uai, é claro que eu leio Mr. TV!!!

    Tanto que já vou segui-lo! Grande abraço! O post da Gisele já está programado para amanhã cedinho rs.

    E obrigado por ler sempre o Hora Minuto. É muuito bom receber elogios Mr. TV!

    ResponderExcluir
  4. Sabe, talvez eu esteja errado, eu li o post da tal da Lola (o Humberto que indicou no face rsss, brincando viu!) e por um segundo parei pra pensar, gente, não é machismo (ou é, sei lá), mas eu acho que o que essa mulher fala é muito radical, muito generalizado, e assim como o Humberto falou são os homens o objeto do comercial, então, haja paciência, né não? E o Heron salientou que a mulherada precisa se valorizae, faz pro ego de todo mundo. abs...

    ResponderExcluir
  5. a quem interessar o texto da moça é esse aqui:
    http://escrevalolaescreva.blogspot.com/2011/09/inveja-da-gisele-vergonha-de-quem-se.html?spref=fb

    ResponderExcluir
  6. E por favor galera, eu estou aqui pra aprender com vcs, se por acaso discordarem, expõem seus pensamentos, vou ler e analisar tudo ok? obrigado!

    ResponderExcluir