BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

segunda-feira, novembro 28, 2011

Verbalizando


A Luana Piovani soltou o verbo na Revista TRIP. Falou sobre drogas, gravidez, sexo e outras coisinhas mais.
Confira trechos da entrevista e tire suas próprias conclusões:

Maconha"Quando eu fiz 'Casseta e Planeta', perguntei pro Bussunda: 'Bussunda, querido, o que você diz quando alguém pergunta sobre maconha, sobre droga?'. E ele disse, citando alguém que eu infelizmente não lembro quem: 'Eu me tornei uma pessoa pública, não posso mais responder sobre esse tipo de coisa'. É estranho, porque com bebida não tem essa coisa", completou Luana.

Sexo na gravidez: "Talvez até, pra contradizer todas as lendas, tenha baixado um pouco. Porque tem uma mudança hormonal, que às vezes é para um lado, às vezes é pro outro... Quando essa coisa forte vem, eu vou mordendo o Pedro, sabe? Mas eu não tô subindo pelas paredes, amor de manhã, de tarde e de noite. Porque eu acordo às sete da manhã, chego às nove da noite exausta! É tirar a maquiagem, tomar banho, comer a porra da proteína com a sopa, deitar e dormir. E ele também está cansado. Mas é claro que a gente tem uma vida sexual deliciosa, eu não virei uma 'gravidinha' parada, não!"

Gisele Bündchen: Luana também falou sobre o comercial de TV em que Gisele Bündchen aparece de calcinha e sutiã e que foi considerado machista. "Eu acho que a Gisele tá cagando pra gente, amor. Tá com a conta gorda, não tá nem aí pro que as cucarachas do Brasil estão pensando. Ela tem um homem maravilhoso, um filho maravilhoso, uma mansão em Los Angeles maravilhosa (...) As pessoas acham que os artistas têm que ter essa responsabilidade. Mas eu não concordo. Temos a responsabilidade de sermos bons cidadãos, de cobrar dos políticos que a gente elege, de cuidar para que esse planeta sobreviva pros nossos netos. A gente não está aqui pra catequizar ninguém."
O término com Felipe Simão"Então, foi até um alívio, porque era um relacionamento muito difícil, era uma constante porradaria, insegurança, ciúme, pegação no pé. Até que você fala: 'Caralho, por que ele não acredita em mim?'. Você se sente um criminoso preso injustamente."
 O namoro com Marcos Palmeira"A última vez em que eu sofri muito foi aos 27 anos. Foi quando o Marquinho Palmeira terminou comigo... Porque ele é muito mais maduro e viu que nós nunca íamos dar certo, apesar de a gente se gostar muito. E hoje sei que para um relacionamento dar certo não basta o amor."
 O relacionamento com Dado Dolabella"Agora, a grande cagada foi eu ter voltado pra ele! Foi nesse momento que eu estava cega, porque a gente tinha se separado da primeira vez por conta de uma agressão física, não comigo. Ele agrediu a mãe dele, e a mãe dele me ligou falando isso. Aí minha mãe disse: 'Mas ele agrediu a mãe dele, como é que você vai voltar?'. E eu passei por cima. Então esse foi o meu momento de cegueira."




6 comentários:

  1. O que ela tem de linda, ela tem de mala.

    ResponderExcluir
  2. Já disse isso em outro blog e repito, Luana Piovani, me fazendo vomitar desde 1991.

    P.S.: só gosto dela em "o Homem que copiava". Acho que devia falar menos e estudar mais pra ver se se tornava uma atriz de verdade.

    ResponderExcluir
  3. gostaria de fazer parceria com vocês,
    meu blog é o TVNB - TV NORTE BRASILEIRA -
    irá restreiar em dezembro deste ano,

    aguardo retorno,
    atenciosamente
    http://tvnortebrasil.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Gosto desse jeito sincero dela, risos.

    ResponderExcluir
  5. Ela não lembra quem o Bussunda citou? Nossa, essa informação pra mim seria inesquecível hehehe...
    Lucas - www.cascudeando.zip.net

    ResponderExcluir