BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

domingo, janeiro 08, 2012

A Inês é morta

Sabe aqueles dias de muita depressão, de muita trovoada (... pode ser lágrimas de S. Pedro ou de um grande amor chorando...), onde só entra em nosso quarto quem está na mesma situação? O mundo lá fora não faz mais sentido nenhum. E você fica procurando em seus pensamentos as soluções para seus problemas. Nestes dias você assiste a muitos filmes melosos. Ouve muita música romântica. Ou artistas que te levam a um mundo muito particular, só seu, onde all you want é ouvir a senhorita Dido e agradecer de montão a  Adele. Muita inspiração também com a querida Alanis, thank you!
 Já chorei todas com a Paulinha Fernandes. Mas ainda assim continuo na fossa. E como está gostoso estar assim, eu preciso ficar recluso. Chega um momento em nossas vidas que o sadomasoquismo vale muito a pena. Ideias surgem, muitas coisas são esclarecidas e você vai terminar tudo isso muito mais forte. 
O amor ainda existe, quem viu a Nicette (a atriz) e o Paulo Goulart (o ator) sábado de tarde, ontem!, sentiu isso, a esperança nunca morre, Inês sim é morta. Coitada dela! Coitada! Ou coitado de quem ficou nesse mundo. Estou escrevendo e ainda continuo viajando pelo meu inconsciente, por favor! alguém aí me vende uma arma? 
Calmaria! Só estou desabafando, jogando para o universo todas as minhas dores, tentando tirar tudo que há de ruim dentro de mim, começar do zero, dar um valor especial só para mim, afinal, eu não posso mudar as pessoas - e nem é de direito meu fazer isso - mas posso iniciar a mudança por mim, I´m no good Amy? Discordo! E eu vou provar para você, onde quer que você esteja. 
Tempo, tempo, tempo, mano velho, fique comigo, seja legal.
Ninguém nesse mundo vai tirar de mim o que eu tenho de melhor: meu sorriso. Disse uma vez um célebre ator de cinema mudo que "um dia sem riso é um dia perdido", vou levantar a cabeça ao céu e me jogar de verdade:  sem medo de errar! O esforço vai ter valido a pena, com certeza! Dizem que vamos ter muitas vidas ainda. Mas eu vou fazer dessa a melhor. E quem quiser compartilhar todos esses momentos sinta-se convidado a entrar. Mas venha sempre com a intenção de ajudar. A recíproca vai ser verdadeira, acredite?  
"[...] precisamos seguir em frente com vontade de virar, e isso é o que nos deixa atentos para sabermos qual o melhor momento para pegarmos a "entrada" ou o caminho certo"...

Nenhum comentário:

Postar um comentário