BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

segunda-feira, março 05, 2012

Lindo último capítulo

Como pode uma novela fazer tanta diferença na vida da gente né? Foi assim durante os últimos cinco meses com a história das irmãs Manuela & Ana, lindamente interpretadas por Marjorie Estiano e Fernanda Vasconcellos, respectivamente. Por conta de uma audiência ruim, A Vida da Gente, da autora Lícia Manzo, estreante em novelas, é duramente criticada por alguns, mas quem teve a oportunidade de acompanhar a trama vai saber do que estou dizendo. Com uma qualidade impressionante, um texto aguçado e atores afinadíssimos a novela trouxe o cotidiano para dentro de casa, não existia vilões perversos, ou vai dizer que você não conhece uma Eva (Ana Beatriz Nogueira) por aí? Eva não era totalmente má assim como a Ana não era totalmente boazinha. E no final foi nos apresentado a mesma realidade focada desde o primeiro capítulo, afinal pau que nasce torto nunca se endireita, mas Eva tentou, e assim como Iná (Nicette Bruno) balbuciou no último capítulo, pessoas como a EVA sofrem todos os dias, pois carregam o peso de serem assim. É triste, e a pura verdade. O capítulo final foi lírico, emocionante, perfeito. A Manu tinha que ficar com o Rodrigo (Rafael Cardoso) e a Ana com o Lúcio (Thiago Lacerda). A interpretação de Thiago Lacerda foi crível, sensata, Thiago segurou Lúcio com maestria. E por mais que a audiência não tenha ajudado A Vida da Gente a ser um verdadeiro sucesso, quem viu jamais irá esquecer essa doce história, um chocolate meio amargo que às vezes a vida se emprega de nos trazer, mas sempre com aquela pitadinha de esperança que nos faz continuar. 
Ter o prazer de ter assistido tanta gente empenhada em colocar no ar um folhetim tão bom  é puramente gratificante e não tem audiência nenhuma, muita ou pouca, que pode pagar uma coisa dessas. Os problemas de Manu, Ana, Lúcio, Rodrigo e companhia foram meus e eu aprendi muito com todos eles.

5 comentários:

  1. Não me conformo com o seguinte: quem são esses críticos sem noção, que falam mal de uma novela despretensiosa e emocionante como A vida da Gente, e derretem-se para Agnaldo Silva e aquela porcaria sem sentido chamada Fina Estampa. Isso que me revolta na TV. Por que essa gentalha não vai assistir Chaves e deixa de encher o saco de quem ta começando.

    abração

    ResponderExcluir
  2. Eu me arrependi de não ter seguido. Mas trabalhando à noite é foda. Só comecei a ver nas últimas semanas, e a Marjorie mais a Ana Breatriz me fizeram seguir até o fim.

    Como eu não vi tudo, me esclarece uma coisa, por favor: Por que a Eva não gostava da Manu, birra mesmo? Porque ela preferia a outra?

    Abraço meu querido.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Eva colocou sua felicidade em cima da filha Ana. Vivia a vida de Ana como se fosse a dela. Amor doentio. Na Manu ela não enxergava nada, considerava ela uma inútil, feia, e a própria Manu acreditava nisso, se acostumou com as sobras. E a raiva, pós-acidente aumentou mais ainda, Ana parou com sua carreira e destruiu todos os sonhos da mãe. Abraço Humberto, e Rafa, disse tudo meu rapaz. Fiquem com Deus.

      Excluir
  3. Gente, que medo. Pior que eu já vi vários casos parecidos viu. Obrigado pela resposta!

    ResponderExcluir
  4. Linda novela, pena que passará novamente!

    ResponderExcluir