BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

segunda-feira, julho 16, 2012

As marcas de um 1989 ainda onipresente. Os protagonistas da história? Fernando e Rosane Collor. A ex primeira dama, agora se converteu e vem a público denunciar o ex marido, claro, isso sem antes pedir melhoria em sua pensão

                Rosane Collor recebe R$ 18 mil de pensão e acha pouco (veja!). Intrigante, né não? Gente, em 1989, eu tinha seis anos de idade, nesse ano meu avô morreu! E como eu lembro desse dia. Muito triste. Enfim, era um garoto considerado normal aos parâmetros daquela época, via Xou da Xuxa, frequentava o Jardim de Infância (até o Pré eu fiz), brincava muito. Muito, muito. Contudo, lembro como se fosse hoje de um episódio, marcou mesmo! lembro das risadas de meu pai e de minha mãe. Os dois me pediram pra escolher dentre dois nomes, Lula ou Fernando Collor de Mello. Analisei, olhei de novo, naquela de olhar para a cara deles e ver se ambos me davam alguma pista de qual deveria escolher. E o medo de ser repreendido? Porém, foi só minha mãe dizer, vamos, escolha, não tenha medo, pronto! Collor foi o escolhido. Collor era o mais bonito, tinha jeito de homem de bem, que gostava de criança, sei lá! Observação importante, não sou, não virei e nem apoio o PT, mas isso aqui não é nenhum debate político, mas pode servir pra alguma coisa, ou não! Na mesma hora, minha mãe riu para meu pai como quem dissesse: -'Viu, quem sai aos seus não degenera', claro, se vangloriando. E eu lembro de ter ficado muito feliz. E a merdança do que aquele governo fez, todo mundo está cansado de saber. Como visto, eu teria votado nele, oras! Gente, não somos mais burros né? Ou somos? 
Continuo vendo a Xuxa, não mais com aquele olhar fanático, assisto porque gosto do programa, e também só quando ele me interessa, ok! ela dirige um porshe, errou, erra e de repente pode ser esse monstro que muitos pintam, mas a afeição não acabou. Mas não me pergunte o porquê. Ou perguntem. Acho que existe ali um sentimento de que nem tudo que eu vivi na infância foi só ilusão, é o fio da meada, algo que ainda grita bem lá dentro da alma, sonhe! Da mesma forma que eu ainda olho para a Zélia Cardoso de Mello e enxergo uma bruxa, cruzes! 
E a Rosane está chateada com Fernando Collor de Mello porque ele paga só (só?) dezoito mil reais de pensão. Passados mais de vinte anos de tudo que este homem provocou contra o povo brasileiro, engolimos a seco tudo isso, afinal a Dilma Roussef, remanescente do Lula, que disputou com o algoz em 1989, aumentou seu salário e claro, de seus aliados, em mais de 149%. A nós, R$ 622, e que morram de fome quem não conseguir sustentar suas famílias com isso.

2 comentários: