BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

quinta-feira, setembro 06, 2012

TV, quem resiste?

              TV emburrece? Você aí que está na faculdade, ou mesmo nas salas de aula do ensino fundamental ao médio, você que estuda, ou você que lê muito, muito muito, ou ouviu ou acredita/sabe que TV emburrece. Sim, emburrece mesmo! Está tudo lá, tudo pronto, mastigado, nós aqui de casa só vamos engolindo, tudo! sem dizer nada, sem formar nenhuma opinião, e sem nenhuma chance de esboçar, caso tenhamos alguma. A TV é tão importante na vida dos brasileiros que existem casas que não tem geladeira, mas o aparelho que passa Avenida Brasil está lá, bem lustradinha. 
Eu sou apaixonado por TV, criei até um blogue para falar do assunto, mas o que a TV não pode é se tornar mais importante que sua própria vida, assim como a Internet, outra força que magnetiza a população MUNDIAL. Vai de cada um adequar entretenimento com conhecimento. Gente, conhecimento vale muito mais hein!! Mas ninguém está aqui pra falar o que é certo ou errado, mesmo achando que é muito mais válido ler Machado de Assis que ver a novela das nove. Contudo, uma novela (ou outro programa) tem lá seu valor. Amo literatura, mas vejo a Carminha e a Nina, não todos os dias porque não posso, mas acreditem, estou por dentro de tudo que acontece. 
TV emburrece quando você não quer raciocinar. Pense! Reflita! Os embates de Carmen Lúcia e Maria Antonieta na consagrada trama de João Emanoel Carneiro, que eu considero um fera no segmento, servem para isso. Por ora estávamos acostumados ao bem contra o mal, sempre foi assim. Mudou! Carminha (Adriana Esteves) desde o princípio nos foi apontada como a grande vilã da novela mais vista e comentada de todos os tempos, e não venham me dizer que não é verdade! Os 40 pontos de Avenida Brasil são bem maiores que os 60 de Roque Santeiro. O Brasil cresceu, os aparelhos que medem a audiência continuam os mesmos. São só 700 existentes na Grande São Paulo. Porém, Nina (Débora Falabella) que tinha tudo para se tornar a mocinha perfeita não é. Passa bem longe disso. Os fins justificam os meios? Ou o início mesmo? E os valores que a trama retrata, estão certos? Vingança como meio de justiça? É assim mesmo que tem que ser? No Brasil, as leis são totalmente feitas a favor dos bandidos. Alguém discorda? Duvido! Mas ainda assim, justiça com as próprias mãos é a melhor maneira de resolver as coisas? 
O papel da TV no Brasil é esse mesmo. Claro, não se engane! TV é puro comércio. A Xuxa vende tintura até na novela das sete e se precisar for, vai ao JN fazer a mesma coisa. O que é natural também, o público compra se quiser, mas a Globo (e as outras também) precisam faturar. Mas é bom frisar que tem muita porcaria na TV também. Muita muita! E eu não vou aqui dizer quais são. Dá pra assistir a Globo, o SBT, a Record, a Band, a Redetv e encontrar muita coisa interessante, ok! bem pouca! mas até na Cultura existe um pouquinho de comércio, ou vai dizer que não?
A conclusão é que ignorar a TV, o que ela proporciona e o que ela não proporciona é fechar os olhos para o maior meio de comunicação, é parar no tempo, é pisar em ovos junto a sociedade, está lá, a massa vai falar, e todo mundo tem que estar bem informado, mas temos que buscar coisas que nos trazem conhecimento e ler um livro, ou dois, ou três, ou todos que você puder. PEOPLEs, acreditem, é muito bom também. Escolha seu tema favorito, viaje nas palavras, sonhe e se encante. Vamos dosar nosso tempo. Acreditem, quem vos fala é um telespectador assíduo (amo mesmo!), mas ainda assim me divirto, leio, estudo, converso muuuuiiiito e, com convicta certeza, afirmo, estou longe de ser o dono da verdade (nem quero), mas fica a dica. 

Observação: sem essa de querer que a TV eduque, o que todo mundo quer mesmo é se entreter, se não fosse isso a Cultura dava 100 pontos de audiência, mas amigo leitor, procure qualidade (filtragem) no que vai ver (e leia nas horas vagas), ok! se conselho fosse bom eu vendia, o ditado diz isso, mas acreditem, é de coração.

E como não anda acontecendo nada de diferente na telinha, se por algum acaso, alguém tiver uma ideia de pauta, eu agradeço, desde já.  :))

3 comentários:

  1. Ai desculpe, removi o comentário sem querer. Vou portar de novo. hehe. Foi o seguinte:
    Quanto teor, gostei msm, sempre curto seus escritos, mas este em especial me surpreendeu!
    Bem, Falar de mídias em sua amplitude hoje é bem complicado e acaba se tornando um desafio. Há quem defenda todo "conteúdo" apresentado, há críticos que visam apenas o lado intelectual, o que seja capaz de trazer significância às mentes dos telespectadores, néh... hehehe( o que sabemos ser improvável em grande parte. O povo não perde tempo assistindo ao Bem estar da globo por exemplo, que poderia ser eficaz à saúde. Embora seja fraquinho é diferente. Seus televisores estão sintonizados em outros canais, que apresentam algum entretenimento sem que os façam pensar muito). Picasso dizia que a pintura não foi feita para decorar apartamentos, nada mais eram que instrumento de guerra. Assim são as mídias, em evidência a televisão. Em suma, essa alienação é consequência da tv aberta msm, os pobres vão sempre ficar nessa condição pq não têm condição, com salariozinho que tÊm, de instalar canais fechados. hehehe, e no mais é torcer para sempre assistirmos, me incluo nisso, com um olhar crítico. Como costuma dizer o pedro Bial, o brasileiro é polêmico por coisa que se sujeita msm, afinal de contas adoram odiar ao BBB. Eu sou um desses.Kk!
    kkkkk, me empolguei, mas é que gostei msm desse seu texto!
    Parabéns.

    ResponderExcluir
  2. Tv é hábito e mesmo quem não gosta tem que reconhecer que um produto como Av.Brasil tem a sua qualidade!

    ResponderExcluir