BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

sexta-feira, fevereiro 08, 2013

Crítica: Balacobaco (telenovela, Rede Record, 2013)

A atuação impecável de Bruno Ferrari surpreendeu: o vilão Norberto é a sensação de Balacobaco, a atual novela da REDE RECORD.
                              A novela Balacobaco foi feita às pressas à título de substituir a fracassada Máscaras, de 2012. Nota zero para quem escolheu o nome. É horrível, para não dizer outra coisa. A novelista Gisele Joras é ótima, é de autoria dela Amor & Intrigas (perfeita) e Bela, a feia (esta um pouco surreal, particularmente não gostei, todavia, foi um grande sucesso). Pois bem, a atual trama da Record não é boa, mas também não é ruim, tem lá seus predicados. É agradável, não mais que isso, se é que vocês me entendem.
Juliana Silveira, Bárbara Borges, Roberta Gualda, Lu Grimaldi, Cristina Pereira, Antônia Fontenelle, Juliana Baroni, Ângela Leal, Ricardo Petraglia, Antônio Pompeo, Simone Spoladore, Umberto Magnani e Julianne Trevisol desempenham muito bem suas funções. Julianne, aliás, apesar do pouco espaço, sempre que aparece em cena dá um show de interpretação. Bravo! Mas é Bruno Ferrari o grande nome de Balacobaco. O ator pinta e borda em cena. Amadureceu muito como ator e vem talhando com maestria seu melhor papel na telinha. Agarrou a chance que lhe foi dada com unhas e dentes e com certeza vai ser muito disputado pelos outros autores da casa.
Dentre os que são menos expressivos que uma árvore temos Victor Pecoraro, Rafael Calomeni, Joana Balaguer e André Segatti, todos muito ruins. O restante do elenco faz a lição de casa direitinho, não se sobressaem, mas também não comprometem. Solange Couto é uma atriz de um papel só. Não é brinquedo não! Uma pena!
Balacobaco, apesar de uma estreia ruim e ter amargado por muito tempo o terceiro lugar na audiência, engrenou. Vem acumulando médias superiores a 8 pontos, o que é ótimo, e sabe-se que a teledramaturgia da Record, enfraquecida por Máscaras e Rebelde, ano passado, tende a crescer novamente. A substituta é um remake de Dona Xepa, um baita sucesso da Globo nos anos 1970 e lá por junho (podendo se estender para julho ou agosto) tem a estreia do autor Carlos Lombardi (Quatro por quatro, Uga-uga, O quinto dos infernos, Kubanakan, Perigosas peruas, Bebê a bordo, entre outras) na TV Record e acreditem, mesmo a Globo vindo com Saramandaia, é de Pecado Mortal (título provisório) a trama que mais anseio em ver este ano. Juro! 
E de Balacobaco adianto: é uma novela leve e descontraída, romântica e bem humorada, não é o que se pode chamar de um novelão (e quem a assistir esperando isso, vai levar um tombo daqueles), mas se aproxima muito das comédias românticas das 19h da Rede Globo, ou seja, para quem quer apenas entretenimento é uma boa opção para o final de noite. 

12 comentários:

  1. Concordo com o elogio ao ator Bruno Ferrari ele está excelente! Muito a vontade em cena esta cada dia melhor, apenas gostaria de fazer uma observação, estou gostando muito do recém chegado na trama André Di Mauro como o assassino "Arnaud" sempre perfeito na criação dos seus personagens mais uma vez mostra todo o seu talento numa composição fantástica diferente de tudo o que já fez, nas primeiras cenas não o reconheci (está muito diferente do seu ultimo personagem o "Carlos" de Vidas em Jogo) um verdadeiro camaleão. Desde a chegada do pé quente André Di Mauro a audiência vem aumentando de forma impressionante e a dupla que faz com Ferrari esta simplesmente sensacional! Joras acertou no texto, Spinello esta dando um show na direção e a dupla de vilões Ferrari & DiMauro promete dar muito trabalho para a concorrência...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. concordo, ele está, aliás é um ator impecável, parabéns!!!

      Excluir
  2. A novela Balacobaco é muito ruim .
    Nesses dias resolvi ver a novela , já tinha lido em reportagens que a novela era um delírio a beira da vertigem, de tão ruim.
    Fui ver a novela e me deu realmente uma vertigem, um cansaço , um enjôo não aguentei mesmo e tirei do canal .

    ResponderExcluir
  3. A novela Balacobaco e muito divertida.

    ResponderExcluir
  4. É uma pena que uma novela tão bacana esteja chegando ao fim. Acho que o critico desta novela é da concorrente

    ResponderExcluir
  5. Adoro o trabalho desse ator! Para mim ele atua perfeitamente em todos os seus papéis, é muito intenso, dá tudo de si! O Rodrigo Ávila de Bela a Feia era um playboy irresistível e agora como o Norberto de Balacobaco, ele está mais uma vez se superando! Já estou na espera para o seu próximo trabalho!

    ResponderExcluir
  6. O Bruno Ferrari além de bom ator é uma simpatia de pessoa! Adorava vê-lo como Rodrigo Ávila de Bela a Feia, principalmente junto com a Gisele. Balacobaco para mim foi até uma surpresa, a novela é leve e divertida, apesar de no inicio eu só ter ido assistir porque sempre acompanho os trabalhos do Bruno e nesta não foi diferente, Norberto podia ser vilão, mas não teve um capitulo que não deixasse de torcer por ele, mesmo amando e o odiando o personagem. Merito todo do Bruni

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa novela para mim foi muito boa, mas como diz o crítico o Bruno com o "Norberto" roubou a novela para ele, tanto que as vezes que o personagem não aparecia a novela parece que não andava, ficava monótona mesmo. Acho que o casal Isabel/Eduardo não colou, no mínimo não tinha a química da atriz com o Bruno Ferrari que alias tinha química com todas, desde a Bárbara Borges, a Alice Assef. Mas isso é culpa do Bruno, lembro que em Bela a Feia da mesma autora muita gente só foi assistir a novela pelo remake da Feia e depois pela Gisele Itié, só que todo mundo se rendeu ao charme e carisma do Bruno, e principalmente ao lindo par central formado por ele e a Gisele, novela boa é assim a gente torce por qualquer cena entre os personagens principais e torcendo loucamente para eles ficarem juntos. O carisma do Bruno é tão grande que transpassou o personagem "o Norberto" apesar de todas as suas vilanias me convence muito mais da sua obssessão/amor pela Isabel. Já esperando pelo seu próximo papel, que seja tão bom como foi o Rodrigo Avila e o Norberto, seus últimos personagens!

      Excluir
  7. Esse ator trabalha muito bem, venho acompanhando seu trabalho desde Sabor da Paixão e de lá para cá cresceu muito e a cada trabalho vem se superando. Amei o seu mocinho playboy de Bela a Feia e adorei o Norberto de Balacobaco! Merece e muito grandes papeis!

    ResponderExcluir
  8. Adoro os trabalhos do Bruno Ferrari e seu personagem Norberto foi um perfeito vilão! Outro grande trabalho dele além do Rodrigo de Bela a Feia, foi o Tomás de Chamas da Vida e o dr. Marcelo de Cidadão Brasileiro. Vamos aguardar o próximo trabalho do ator, tudo indica que será na novela da Fridman, Vitória em meados de 2014 e com certeza ele irá se superar e será ainda melhor que seus trabalhos atuais!

    ResponderExcluir
  9. Gostei do Bruno Ferrari como Norberto! O cara arrasou e olhe que a muito tempo não se via um vilão como o cara, que era um verdadeiro psicopata, mas ao mesmo tempo tinha uma veia cômica e olhe que com todas as maldades do cara, torci para que se desse bem até o final. Com certeza o ator roubou a novela para si, Norberto Botelho e suas vilanias eram a graça da novela, com certeza botava muito vilão da globo no chinelo literalmente.

    ResponderExcluir