BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

quinta-feira, fevereiro 21, 2013

Guerra dos Sexos (crítica atualizada)

Casal cuti-cuti.
Levanta a mão quem assistiu as duas últimas semanas de Guerra dos Sexos. Ok! Visto o fraco desempenho na audiência, com certeza, poucos, bem poucos. Mas esses poucos se divertiram a valer. Mesmo! E se você teve a sorte de zapear pela Globo bem na hora em que Dona Roberrrta (Glória Pires) e Nando (Reynaldo Gianecchini) se passam por mendigos deve ter dado muitas gargalhadas. A novela das sete é uma comédia de situações. 
O autor Silvio de Abreu, que não é bobo nem nada, e muito humilde, outros ficam jogando em redes sociais o quão são excepcionais e chamando quem não vê sua novela de ignorantes como se a culpa de um produto ruim é do telespectador, pois bem, Silvio engoliu a seco as duras críticas, todas verdadeiras e transformou Guerra dos Sexos num produto bom. A trama não é formidável, mas diverte, é entretenimento puro.
Glória Pires e Reynaldo Gianecchini seguem como meus favoritos. Eu torço para que o casal termine junto! Drica Moraes é maravilhosa, como sempre, e outro achado é Edson Celulari. Ele nunca foi ruim como ator, tem bons personagens no currículo, mas Felipe está no tom certo, é um paspalhão, um adorável paspalhão.
Dentre os personagens mais chatos destaco a Charlô (Irene Ravache) e o Otávio (Tony Ramos). O pastelão já não agrada mais. Fica muito Aventuras do Didi, beira o ridículo. E muito do fracasso do início se deve à infantilização adotada pelo diretor Jorge Fernando, que talvez pensou que o público de Carrossel, da emissora vizinha, migrasse para sua história. Deu no que deu.
Dentre mortos e feridos, Guerra dos Sexos, definitivamente, encontrou o seu lugar. 




5 comentários:

  1. o que eu acho chato dessa novela é que o autor é um cara de pau e reproduziu todo o texto novamente, nada de novo, por isto o público não tem gostado, é uma novela com uma temática datada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olhando para este lado, Guerra dos sexos jamais poderia ter sido refeita, eu mesmo só a acompanhei por conta da minha predileção por Glória Pires. Mas se você for comparar o início com o último mês vai notar muita diferença: a trama virou uma sitcon (comédia de situações). Cada história tem duração de no máximo 2 semanas e logo começa outra. Veja, semana passada, Nando e Roberta foram confundidos até com mendigos e agora estão no Rio de Janeiro onde novos ganchos são acrescentados e o público se mata dando risadas. Logo, acontece um novo desfecho e novas situações estão por vir. Deu certo deste jeito. A parte da guerra travada entre os sexos ficou um pouco de lado. Pode notar! Abraço Serginho!

      Excluir
  2. Esta novela é um saco de tão chata.

    E assistindo semana passada, me perguntei: o que fizeram com o cabelo da Glória Pires? Acabaram com ela....será que foi Dalila?

    ResponderExcluir
  3. Realmente acabaram com ao cabelo dela... Saudades do cabelão que ela tinha na época de Mulheres de Areia...

    ResponderExcluir
  4. a dIREÇÃO NÃO ESTÁ LEGAL, as cenas com Glória Pires e gianecchini são as que escapam.

    ResponderExcluir