BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

sábado, maio 09, 2015

Alto Astral, último capítulo

Trama simples de Alto Astral levanta a moral do horário das sete da Globo, pronto! está dado o recado. Não foi a melhor novela, tampouco foi a pior, ela foi redondinha. Bonitinha , só isso. Daniel Ortiz foi feliz na adaptação de um enredo planejado por Andréa Maltarolli (autora de Beleza Pura, em 2008, sua única novela e faleceu um ano depois). Linda sua homenagem à escritora ao inserir o sobrenome dela ao rancho. Foi fino. 
Vamos ao último capítulo:
Pepito e Samanta: a melhor coisa da novela toda. Gostei muito da Cláudia Raia no papel de mocinha em A Favorita, 2008, porém, como é boa em personagens cômicos! Samanta se iguala a Jacqueline de Tititi, 2010, outra fora de série na carreira da atriz. E todas as glórias para seu companheiro Conrado Caputo. Samanta, aliás, virou Rainha.
Resto foi o que podemos chamar de final clichê: de todos, a protagonista sendo raptada é o que mais me repugna. Não gostei, mesmo! Os outros, de boa. Todos os vilões foram castigados, Marcos (Thiago Lacerda, mediano em sua atuação) ficou louco e Úrsula (Sílvia Pfeifer) foi diagnosticada com câncer, cavernoma, o mesmo tipo de tumor cerebral não operável que fingiu ter durante anos para manter seu casamento. Assim, Maria Inês (Christiane Torloni) e Marcelo (Edson Celulari) ficaram juntos para sempre.
A cena final com Laura e Caíque foi emoção pura e lembrou um pouco as novelas de Manoel Carlos. 
Por fim, Natália Dill e Sérgio Guizé defenderam muito bem seus personagens, tão bem, mas tão bem que resolveram continuar o romance na vida real (risos). Não poderia perder esta piada (mais risos).
Enfim, faltou "um sei lá o quê" neste último capítulo: inverossímil a cena de Caíque salvando o irmão, mesmo o folhetim tendo esta pegada sobrenatural. Pouca paciência pra isso. 
Boa direção de Jorge Fernando, só para constar.
E segunda tem a estreia de I love, que pelo que andei notando nas chamadas, vai valer pelas músicas, ótimas!

Nenhum comentário:

Postar um comentário