BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

sábado, agosto 22, 2015

A estreia de Xuxa

Desde o início do ano aguardo a estreia de Xuxa. E justo no dia 17 de agosto a minha vida tomou outras rédeas. Para melhor, claro. Cidade nova, sem TV digital, sem antena parabólica, sem TV por assinatura. Apenas uma antena comum, dessas que ficam do lado da TV. E pasmem, pega a Globo, bem mal por sinal e da Record, apenas o áudio. E foi assim que ouvi a Xuxa, do início ao fim, sem saber do cenário, figurino, cabelo, microfone, nada disso.
Mas Xuxa valia isso.
Ah, só para constar o estado em que me encontro, este post foi escrito no Word, foi salvo no Pen Drive e o resto será feito assim que conseguir uma INTERNET.
Soube que a audiência foi de 10 pontos, com picos de 12. Arrisquei nos meus pensamentos mais. Mas engana-se quem acha que foi um número ruim. A atração teve a mesma audiência do primeiro até o último minuto.
Xuxa fez uma homenagem a Hebe Camargo, Silvio Santos e ao Chacrinha. Já mencionei no Mr. uma vez e vou repetir: (re-post) os quatro são os melhores do ramo. Dois deles já se foram, mas o legado segue intacto.
Para ouvir a Xuxa e compreender o que se passava no programa “Xuxa Meneghel”, ao vivo, trabalhei todos os meus sentidos, agucei minha imaginação, tive que ouvir com o coração. E deu muito certo.
Gostei muito do que senti.
Gostei muito das verdades que ouvi.

E claro, para terminar este post, vou ter que assistir, tudo isso para imprimir os dois lados da moeda.

Consegui assistir.
Xuxa estava completamente nervosa. Normal.
Não gostei do cenário.
Gostei dela numa cena de "Os Dez Mandamentos" e dela visitando os fãs no "toc-toc". Foi muito bom.
Mas faltou um pouco de emoção, mas repito, nervosismo de estreia. Desta vez, passa.
E mais: sei que a cantora Ivete Sangalo pode dizer que não foi ao programa da melhor amiga porque tinha shows e etc etc etc, mas não me convence. Foi feio o que ela fez com Xuxa. Dar para trás bem em cima da hora e por causa da Globo não tem perdão.
E falando da Globo, bem que ela poderia mandar alguém e parabenizar a apresentadora pela casa nova e se mostrar gentil aos anos em que ela fez parte da própria emissora e com muito sucesso. Mas fez pior, proibiu os artistas de irem lá. Boicote, que coisa deselegante. Eu, hein?
Ainda sobre o programa, faltou um talk show, mas aquele talk show. Bem Ellen. 

Mas o melhor de tudo, Xuxa aprendeu a rir de si mesma.

Ops, faltou parabenizar a coragem de Faustão, Deborah Secco, Sheron Menezes, Mônica Iozzi e Rainer Cadete.


Nenhum comentário:

Postar um comentário