BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

segunda-feira, março 14, 2016

Velho Chico, capítulo UM

Tarcísio Meira foi simplesmente espetacular no primeiro capítulo de Velho Chico (na volta do autor Benedito Ruy Barbosa ao horário nobre da Globo). Pena ser apenas uma participação especial.
Mestre das artes, não foi à toa que desde sempre foi o grande nome das novelas da Globo.
Mas o primeiro capítulo abusou das cenas teatrais.
Luiz Fernando Carvalho, o diretor artístico, não entende que, como novela das nove, isso não funciona.
Fica chato!
Queríamos O Rei do Gado!
Queríamos Renascer!
Queríamos Pantanal!
Mas foi apresentado algo muito parecido com A Pedra do Reino.
Não Gostei!
Aliás, detestei!
O lado bom foi que Velho Chico lembrou Gabriela.
Talvez pelo frescor de Salvador (Bahia).
Rodrigo Santoro foi bem.
Selma Egrei também, como sempre.
Carol Castro esteve linda.
Umberto Magnani, Rodrigo Lombardi, Chico Diaz, Fabíola Nascimento.
Todos perfeitos!
Mas insisto: ficou parecendo teatro.
Não combina com novela das nove.
INSISTO: Queríamos O Rei do Gado!
Pantanal, Os Imigrantes, Paraíso, Cabocla, Renascer.
Não queríamos Meu Pedacinho de Chão (segunda versão).
Não queríamos Hoje é dia de Maria.
Por mais que adorávamos essas últimas.
Queríamos Terra Nostra, quiçá até Esperança.
Mas do Tarcísio Meira, o elogio foi verdadeiro.
Bravo!

Observação: é apenas uma crítica a um primeiro capítulo.
Que Velho Chico me conquiste. Logo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário