BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

sábado, julho 23, 2016

Em 1993, Guilherme Fontes foi Marcos, o melhor par romântico de Glória Pires em novelas. No ano seguinte, deu vida a um dos melhores vilões masculinos da TV (o Alexandre de A Viagem). Portanto, Guilherme Fontes pode bem mais (ainda é tempo)

Por que Guilherme Fontes não deu tão certo na TV?
Foi culpa do filme Chatô?
Guilherme Fontes é o diretor deste polêmico filme que demorou vinte anos para ficar pronto. Polêmico no sentido porque demorou todo esse tempo.
Ele foi o Rei de Bebê a Bordo (1988), um personagem de muito sucesso dos anos 1980. Foi destaque da minissérie Desejo (1990) e teve seu ápice nos anos de 1993 e 1994, com o Marcos de Mulheres de Areia e o Alexandre de A Viagem (ambas escritas pela saudosa Ivani Ribeiro). E seu último protagonista foi o Tony de Estrela-guia (com a Sandy, em 2001). De lá para cá, participações esporádicas, mas sempre em papéis secundários: Beleza Pura, Além do HorizonteBang Bang, Malhação e Boogie Oogie. Não nesta ordem.
Guilherme é bom ator. Foi um galã. Em 1994 adquiriu os direitos para filmar Chatô (lançado em 2015). Ali o seu projeto mais ambicioso e que custou sua carreira promissora. 
Guilherme tem 31 anos de carreira e está com 49 anos. Não é mais galã, mas Humberto Martins também envelheceu e continua recebendo bons papéis. Eduardo Moscovis é outro. É normal envelhecer. Guilherme Fontes faz falta na TV. Atualmente, está no ar na reprise de Mulheres de Areia como o Marcos (melhor par de Glória Pires em novelas). Quem não torcia /torce pelo Marcos e pela Ruth? Quem não morria de ódio do Alexandre?
Mesmo em papéis secundários, ele deu conta do recado.
Tanto se fala em vilãs memoráveis. No entanto, esquece-se dos vilões. O Alexandre de A Viagem (1994) está entre os cinco melhores vilões das novelas no Brasil.
Reitero: Guilherme Fontes merece mais destaque. Não merece ser a Beatriz Segall de calças. 
Beatriz Segall foi deixada de lado e ano passado apareceu espetacular na série Os experientes. Com quase 90 anos de idade, mostrou que podia bem mais que a Odete Roitman. Imaginem quantos personagens espetaculares perdemos de ver.
Guilherme Fontes pode bem mais (ainda é tempo).

Foto retirada do Facebook do ator/diretor:

Nenhum comentário:

Postar um comentário