BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

quinta-feira, novembro 30, 2017

Os 39 pontos de O Outro Lado do Paraíso

O Outro Lado do Paraíso em sua primeira fase conquistou uma média de 29 pontos de audiência e justo na semana que Maurício Stycer, Nilson Xavier e Tony Góes, renomados jornalistas do UOL, detonaram a trama de Walcyr Carrasco, o telespectador responde com 36 pontos na segunda, 39 pontos na terça, 34 pontos na quarta (de futebol) e 39 (novamente) na quinta. Em outras palavras, a segunda fase salvou a vida de Walcyr, pelo menos por enquanto.
Em tempo: a sequência das cenas de Clara em uma homenagem a um dos melhores romances do mundo, O Conde de Monte Cristo, foi sensacional. Merecida audiência.

sábado, novembro 04, 2017

Domingão do Evaristão

A primeira vez que vi o jornalista Evaristo Costa na TV foi em uma reportagem para o Mais Você e um fato que marcou foi a insistência dele de não ser chamado de Vavá por Ana Maria Braga: - Ele não gosta (riu Ana Maria na época). Evaristo sabia o que queria. Talentoso, logo chamou a atenção do pessoal da Globo e pouco tempo depois era o apresentador do Jornal Hoje, onde formou a melhor dupla de âncoras da TV: Evaristo e Sandra eram a cara do Jornal Hoje e o Jornal Hoje carecia dos dois. Seus substituto também é bom (afinal, ninguém é insubstituível).
Evaristo seria o sucessor natural de Bonner, mas ele não quis. Sim, caro leitor, ELE não quis. Evaristo pediu a conta da TV e está viajando o mundo. Quem tem Instagram e segue o jornalista sabe o que ele está fazendo da vida diariamente: lá está o Diário do Evaristo, ou aquilo que ele quer que saibamos dele. Até aí tudo bem! 
A pergunta é: qual é a do Evaristo? Ele saiu da TV, mas parece que não quer sair do show business. Na época de sua saída da TV, surgiram boatos de que ele seguiria o mesmo caminho de Fátima Bernardes. Evaristo Costa vai se dar bem se virar apresentador de entretenimento. Um Domingão do Evaristão deve bater recordes de audiência. Não conheço (AINDA!) ninguém que não goste dele, mas foi deselegante, imperdoável e indelicado o seu Evaristo falar que sente saudades do pastel do Brasil em uma pergunta sobre a colega Sandra Annemberg. Evaristo, espontâneo, brincalhão, tem ingredientes básicos para comandar um show na TV, mas ser deselegante com a Annemberg não pode. Retrate-se já.
Faustão está anunciando sua aposentadoria há anos. Gosto do Faustão, mas prefiro o Evaristão. Quando tempo falta ainda para o Evaristo terminar de conhecer o mundo e voltar à TV?
Em tempo: a primeira entrevista dele tem que ser com a Sandra. Só pode ser com ela.

Obs.: Faustão é o apresentador que mais dá audiência no país. Seu Domingão fecha sempre com mais de 20 pontos de ibope.


Audiência de A Padroeira na TV Aparecida é pífia

A reprise de A Padroeira, na TV Aparecida, rende para a emissora 0,2 pontos de audiência na Grande São Paulo. A novela da Rede Globo é de 2001 e também sofreu com a baixa audiência (para os padrões da época). A emissora n. 1 do país cedeu a novela em virtude das comemorações dos 300 anos de N. Senhora Aparecida. A trama é apresentada às 19h com reprise às 22h30. Os 0,2 refletem a falta de propaganda. A turma do marketing da emissora ficou devendo, pois mesmo A Padroeira não ter sido um sucesso no passado, podia pelo menos chegar a 1 ponto (ou mais perto), visto que a Missa exibida pelo canal sempre passa dessa marca. Os filmes de Mazzaroppi costumam marcar mais de 0,5 ponto.
A interpretação dos protagonistas, leia-se Deborah Secco e Luigi Baricelli, comprometeram o andamento da trama: a intérprete de Cecília, aliás, nunca se deu bem com mocinhas, a Sol de América (2005) foi outro insucesso. Maurício Mattar como Fernão carregou A Padroeira nas costas.

Nota da novela: 6,0 ⭐

Enquanto isso... na Globo: a emissora carioca anunciou o retorno de Celebridade (2003). Estreia no final de novembro. Boa escolha.