BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

sexta-feira, dezembro 22, 2017

Troféu Mr. TV, edição 2017




Novela do ano: O Outro Lado do Paraíso está entrando em seu terceiro mês de exibição e conquistou o público com a vingança de Clara (Bianca Bin, sempre ótima). A Força do Querer, a antecessora, merece todos os elogios possíveis, há tempos uma novela das nove não era tão aclamada (principalmente pela crítica), mas O outro lado do paraíso é frenética, polêmica, linda, com ótimos ganchos, música, elenco etc., por isso, leva o prêmio.
Além de A Força do Querer, merecem também aplausos Novo Mundo e Malhação Viva a Diferença.


Atriz: o ano foi incrível com relação às novelas, e como choveu boas interpretações na ala feminina. No páreo Bianca Bin, Paolla Oliveira, Letícia Colin, Ísis Valverde, Marjorie Estiano, Nanda Costa e Juliana Paes. 2017 foi de Bibi Perigosa, o melhor personagem de Juliana em novelas. Merecido!

AtorJúlio Andrade era pouco conhecido da TV, normalmente, figura bastante nas telonas e/ou séries da TV paga, mas o protagonista Evandro da excelente Sob Pressão (Globo) emocionou quem o assistiu. Em todos os momentos, Júlio foi simplesmente incrível. Bravo!
Menção honrosa: Emílio Dantas (Rubinho), Sérgio Guizé (Gael), Marco Pigossi (Zeca) e Caio Castro (D. Pedro I).

Minissérie: sem sombras de dúvidas, Sob Pressão, pelo enredo, pelas pautas, pelas interpretações, não deveu em nada às séries ER e Grey's Anatomy, julgo até melhor.

Vilã ou vilãoDébora Falabella foi a adorável (e louca) vilã Irene, de A Força do Querer. Espetacular! Menção honrosa: Marieta Severo, Emílio Dantas, Gabriel Braga Nunes, Leopoldo Pacheco e Jonathan Azevedo (Sofia, Rubinho, Thomas, Fred sem alma e Sabiá).

Melhor reprise de novela: foi um ano bom de reprises, na Globo, tivemos Senhora do Destino, no Viva, Tieta e Por Amor. Todas excelentes. A reprise do ano é Por Amor.

Ator coadjuvanteMarcelo Serrado (Malagueta).
Atriz coadjuvanteGlória Pires (Elizabeth/Duda).
Ator cômico: Guilherme Piva (Licurgo).
Atriz cômicaVivianne Pasmanter (Germana).
Melhor coisa na TV em 2017: o ano foi de boas novelas: O Outro Lado do Paraíso, A Força do Querer, Novo Mundo, Tempo de Amar, Malhação Viva a Diferença, Por Amor, Tieta, Carinha de Anjo, Pega-Pega, enfim, que continue do mesmo jeito em 2018. Palmas!
HumorísticoTá no ar: a TV na TV.
Infantil: não há bons programas infantis na TV aberta. O melhor, aliás, é uma série dos anos 70, feita por uma emissora mexicana e que nem passa muito na TV, é o Chaves.
Auditório: Domingão do Faustão (Globo). Este ano foram poucos os domingos que o programa deu menos de 20 pontos. Coisa rara.
ApresentadorSilvio Santos. O verdadeiro Rei dos domingos.
ApresentadoraXuxa (por Dancing Brasil).
Programa femininoMais Você.
Programa de esportesSportsCenter (ESPN Brasil).
TelejornalJornal da Globo, o mais noticioso do ano, o que mais tocou no dedo da ferida, não poupando os políticos corruptos. O melhor, pelo segundo ano consecutivo.
ÂncoraWilliam Waack, extremamente impossível (no bom sentido da palavra). William foi demitido esta semana por conta de um comentário racista (totalmente contra o ato praticado por ele), mas o profissional Waack vai fazer muita falta ao telejornal.
Reality: Dancing Brasil, da Record.
Melhor programa de entrevistasLady Night.
SurpresaTatá Werneck como entrevistadora de TV. A atriz, humorista e agora apresentadora divertiu e entra no time de Bial, Porchat e Gentili, conseguindo ser melhor que eles, se é que é possível. Jô e Gabi aplaudem de casa, com certeza.
Trio fantásticoa trupe liderada por Germana, Licurgo e Elvira (Vivianne, Guilherme e Ingrid) de Novo Mundo.  Inesquecível.
Par românticoJeizeca (Paolla e Pigossi).
Revelação feminina: Carol Duarte, a Ivana ou o Ivan de A Força do Querer.
Revelação masculina: Silvero Pereira, o Nonato ou a Elis Miranda de A Força do Querer.
Eles merecem muitos aplausos: Fernanda Montenegro, Lima Duarte, Natália Thimberg, Laura Cardoso, Juca de Oliveira, Tônico Pereira, Betty Faria, Othon Bastos, Zezé Polessa e Elizângela. Espetaculares.

Considerações finais: o Corinthians foi o grande campeão brasileiro de 2017, conquistou seu sétimo título na competição. O Internacional voltou à Série A e seu arquirrival Grêmio abocanhou a Taça Libertadores da América.








Nenhum comentário:

Postar um comentário