BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

quinta-feira, janeiro 04, 2018

Stranger Things, a série

Após assistir Gilmore Girls (todas as temporadas) (leia a crítica aqui) e Outlander (vou escrever ainda sobre a série, prometo!), tentei Supernatural (Sobrenatural). Parei no oitavo episódio da temporada 1. Desculpem os fãs da série, os atores são bons, o enredo é bom, mas não engolia os desfechos. Parei, achei melhor assim. Com o fim de Outlander na FOX Premium (terceira temporada), busquei algo na Netflix, estou começando nessa coisa de série. Como todo mundo falava de uma tal de Stranger Things, foi a escolhida. Não custava tentar.
Sou cria dos anos 1980, via He-man, Os Caça-Fantasmas, X-Man, o filme Conta Comigo vi centenas de vezes na Sessão da Tarde, assim como E.T. - o extraterrestre e Stranger tem muito disso (por viver nos anos 1980, e nem só por isso, porque lembra E.T., lembra os garotos de Conta Comigo, lembra os X-Man, o He-man e Os Caça-Fantasmas).
Stranger Things é o tipo de série que te pega já na primeira cena. O elenco infantil é espetacular. Impossível um garoto não se ver na pele de Mike, Dustin, Lucas e Will (muitos dos atores de Stranger sigo no Insta desde já). Quem gosta de romance, torce para Nancy e Jonathan e/ou Nancy e Steve. Se a temporada 1 é especial (pelo mistério, pela Onze, pelos garotos carismáticos, pela loucura da Joyce), a temporada 2 é ainda mais empolgante, porque além de todos os já citados, tem a MadMax (referência pura), o D'artagnan, os monstros são mais reais (não desmerecendo os da primeira) e tem fliperama.
A ideia não é resumir a história (sem spoilers, por favor!). Para um noveleiro de plantão soa até engraçado: não me importo em saber se a Clara vai descobrir ser filha da Duda na novela das nove, enquanto que com séries, fico endiabrado se no Facebook um bobão posta algo sobre o que ainda vai acontecer (e se não tomo cuidado, lá estou lendo um spoiler). A ideia é sair comentando que a série é formidável, escutar de alguém que também achou a série phoda, ou empolgar alguém a assistir, tendo a certeza que a pessoa vai adorar. 

Stranger Things é essa série.

Em tempo: é muito bom rever Winona Ryder. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário