BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

sexta-feira, fevereiro 23, 2018

Os 10 mais de O Outro Lado do Paraíso

O Outro Lado do Paraíso é um fenômeno de audiência, o autor Walcyr Carrasco construiu uma história forte, engraçada e cheia de reviravoltas. A seguir, os melhores personagens da novela (em ordem decrescente):

10º lugar: a turma do garimpo, as prostitutas, a trupe em torno da gravidez de Suzy (Ellen Rocche), todos do salão, Lorena (Sandra Corveloni), entre outros, merecem todos os aplausos possíveis. No entanto, uma dessas personagens secundárias foi crescendo na trama e merece, com todo o louvor, o décimo lugar. Trata-se de Desirèe e/ou Cândida, personagem de Priscila Assum, provando não existir papel pequeno para uma grande atriz. Bravo!

9º lugar: como chora a Laura, também pudera!, a personagem foi molestada quando criança pelo padrasto, e a partir de então vivia com medo, o que a atriz Bella Piero traduzia apenas com um olhar. Atuação digna de uma atriz veterana. Palmas.

8º lugar: como Rafael, Igor Angelkorte é puro coração. A forma como Igor conduziu o personagem é de uma delicadeza, que o papel, secundário na trama dos abusos cometidos pelo Delegado em sua enteada, ganhou ares de protagonista. Apaixonado, teve que ser forte toda vez que era rejeitado pela esposa.

7º lugar: a maior vilã da novela das 9 ocupa a sétima colocação. Sophia é a encarnação do capeta, não é carismática, não é educada, não é honesta, não é nada de positivo, mas sem as suas maldades, o que seria da vingança da Clara? Marieta Severo encarna mais uma serpente no seu currículo televisivo e acertou em cheio, de novo.

6º lugar: Bianca Bin é Clara, e toda vez que toca a música Blazy of glory, de Jon Bon Jovi, a internet pira, a TV ferve e o público fica com um sorriso de orelha a orelha. Clara, por conta de sua vingança, para alguns é odiada, para muitos é amada. Tem torcida cativa seu romance (que nem começou) com Patrick.

5º lugar: Patrick, personagem de Thiago Fragoso. O eterno Carneirinho conquistou o público de cara. Por trás de tantos personagens complexos, Patrick é honesto, boa praça, querido, sorridente, tudo isso sem ser bobo, tem porte e carisma. Mais um bom trabalho de Thiago nas novelas.

4º lugar: a maior audiência da novela até agora é por causa dele, o delegado Vinícius, interpretado com maestria por Flávio Tolezani, que fechou seu ciclo na novela no capítulo da última quarta. 

3º lugar: Rafael Cardoso como o misterioso Renato. Aquele sorriso de canto esconde muita coisa. Ele é mocinho ou vilão? O fato é que Rafael está muito bem na pele do rapaz sempre solícito que ninguém sabe de onde veio e que está sempre assuntando sobre a vida dos outros. Com a reviravolta que o autor promete dar ao personagem no próximo dia 15 de março, Rafael deve concentrar todas as atenções à sua interpretação.

2º lugar: apesar de ter perdido espaço na trama, Gael é o melhor personagem masculino da trama: seja como o marido violento, o irmão engraçado e debochado, o pai ausente etc., Sérgio Guizé se firma como um dos maiores talentos de sua geração.

1º lugar: Beth (ou Duda), com certeza, entra na galeria dos grandes personagens da TV. Glória Pires, em 100 capítulos, teve tantas reviravoltas na história, que passados quatro meses de novela, ora estamos sorrindo com ela, ora ficamos com um nó na garganta com seu sofrimento, e tudo, em se tratando da atriz, é feito com tanta naturalidade que só resta aplaudir de pé tamanha dedicação e talento. Quem torce para Beth ser feliz levanta a mão. Quem gostaria de entrar dentro da TV e esbofetear a filha malcriada dela também levanta mão. Quem gostaria de dar uns socos no marido panaca dela, o Henrique, entra na fila. Para fechar com chave de ouro, Beth deveria estapear Jô e dar uma surra maior ainda na Sophia. Seria 50 pontos na certa!  

sábado, fevereiro 17, 2018

Crítica: Deus Salve o Rei tem salvação?

Há um pouco mais de 1 mês no ar, Deus Salve o Rei, a novela das sete da Globo, é um fracasso de audiência e enredo. Ela estreou bem, segurando a audiência de Pega-Pega, de 29 pontos, mas nas duas últimas semanas se esforça para conseguir médias de 25 pontos. Inicialmente feita para conquistar os fãs de Game of Thrones, a novela, por causa do horário, mostra um festival de sangue raso, lutas que mais parecem lutas infantis, ou seja, deixa a desejar. 
As interpretações dos protagonistas são outro ponto negativo. Rômulo Estrela e Marina Ruy Barbosa são bons, mas a preguiça do enredo parece ter infectado ambos, eles precisam de cenas mais fortes, para mostrarem realmente o que podem fazer como intérpretes. Já Bruna Marquezine é uma nova versão de Cláudia Raia como vilã. Cláudia domina a comédia e se sai bem como mocinha, mas é robótica como vilã (Ângela, Ágata e Lívia são exemplos de Cláudia péssima como vilã). Bruna está robotizada, algo que Letícia Spiller sofreu muito com sua M. Regina de Suave Veneno (1999). A diferença era que M. Regina era engraçada e caiu no gosto do público. Spiller, depois, mostrou que sabe fazer vilã com a Viviane de Senhora do Destino (2005).
Deus Salve o Rei deveria ter ido pelo mesmo caminho de Que Rei Sou Eu, de 1989, e de Novo Mundo, 2017, investido no humor. Por isso, a novela deve (por obrigação) investir nos outros dois protagonistas, vividos por Johnny Massaro e Tatá Werneck.
A Globo já anunciou mudanças para Deus Salve o Rei e já mandou refazer a personagem Catarina. É um bom começo. No entanto, por enquanto, a trama das sete segue ruim.

Nota da novela até agora: 6,0 ⭐



Roda de Fogo, com Tarcísio Meira, volta no lugar de Sinhá Moça

Com Explode Coração e Sinhá Moça, com 155 e 168 capítulos, respectivamente, em julho estreia duas novas novelas no Viva: Baila Comigo no lugar da Dara e Roda de Fogo no lugar da Ana do Véu. Claro, tudo isso se nada mudar até lá. Roda de Fogo (escrita por Lauro César Muniz) é estrelada por Tarcísio Meira, o maior galã da Globo de todos os tempos. Nesta novela, Tarcisão é vilão. Tarcísio fez vilões antológicos na TV, como Raul Pelegrini de Pátria Minha (que deveria voltar também), Giuseppe Berdinazzi na 1ª fase de O Rei do Gado e Jerônimo na minissérie A Muralha.

Roda de Fogo, assim como Baila Comigo, é uma novela inédita para mim. Vem como uma boa opção de entretenimento.

A novela conta, ainda, com Bruna Linda Lombardi, Renata Nazaré Sorrah e Eva Wilma.

Para o lugar de Bebê a Bordo, que tal Mico Preto?

Assista à abertura da novela:



Huck não quis ser presidente do Brasil

Huck de Dilma Roussef.
Nunca acreditei que o Luciano Tio Patinhas Huck se candidataria para as eleições presidenciais (mas torci para que ele fosse candidato), ele construiu uma carreira sólida como apresentador e com Angélica forma um dos casais mais amados do Brasil. Ambos faturam alto como casal de comercial de margarina. Ah! Mas eu nunca levei esse casal a sério (com o Leão Lobo esta semana dizendo que o apresentador a chamou de cafona um pouco antes do casamento milionário, essa dúvida sobre eles só aumentou) (e eu também sei que não sou ninguém para julgar os sentimentos das pessoas). Obs.: ambos são excelentes apresentadores. Ela tem mais a minha simpatia do que ele. Não me pergunte o porquê.
Pode ser somente impressão, afinal ele é milionário e eu gostaria sim de estar no lugar dele (mesmo se fosse feio igual a ele (sic)), o dinheiro, as viagens, a fama, sejamos sinceros, faz a cabeça de 99% das pessoas no mundo (por isso, penso que dinheiro demais desvirtua a pessoa, mas mesmo assim, queria ter). Quem nunca murmurou que gostaria de ser rico! Coisa para poucos, coisa para o Huck. Ele sempre foi cheio da grana, com o sucesso profissional fez só aumentar o cofre. 
O Brasil atravessa seu pior momento político e com tantos bandidos dizendo que não sabem de nada do que está acontecendo, aquele "não fui eu!" ecoando por todos os lados, seria bom Huck se candidatar. Falo sério!
Sem se candidatar, Huck já viu seu nome envolvido na compra de um jatinho pelo BNDES. Seria a prova dos nove para eu saber se minha impressão era verdadeira ou não. Perdi a chance. Huck seria um bom nome, afinal, a princípio, é virgem nessa coisa de política. Se entende alguma coisa, não sabemos, mas os que entendem, entendem até demais (é normal aceitarmos tanta roubalheira?). Dói o que está acontecendo com o Brasil.
Huck não quis ser presidente do Brasil. O casal 20 da televisão não estará no Palácio da Alvorada (já pensou Angélica de primeira-dama?). O Caldeirão não vai acabar e Angélica continuará na Globo. 
Em quem votar ou não votar agora? 
Sério, Huck candidato teria sido interessante.
Huck dizendo não deu brecha para os petralhas rirem da sua cara.

No entanto, entendo o Luciano. Um salário dele na Globo mudaria toda minha nada mole vida.


Fonte da imagem: <http://blogs.ne10.uol.com.br/jamildo/2017/11/23/luciano-huck-presidente-internautas-brincam-com-assunto-nas-redes/>. Acesso em: 17 fev. 2018.

Montaleone vai estrear em O Outro Lado do Paraíso

Quando Xuxa começou a namorar o Szafir, pouco tempo depois ele virou ator e estreou na TV na novela Anjo Mau (com Glória Pires). Luciano nunca foi bom ator, mas também não era ruim. Era só os autores não exigirem muito dele que a coisa engrenava (na minissérie Labirinto, ele foi testado, tinha que ser malandro, ter cara de malandro, mas Szafir é sério, não conseguiu convencer). Entre idas e vindas, Xuxa e Szafir resolveram se separar definitivamente (ele casou e teve mais filhos) e, assim, ele foi aos poucos sendo esquecido. Com Junno Andrade foi a mesma coisa. Logo que engatou um namoro com a rainha (esse mais promissor, Xuxa ama Junno e as declarações de amor são costumeiras, com Szafir era bem raro, eles se separaram após uma entrevista de Xuxa para Sandra Annemberg, ela preferiu mencionar o piloto Ayrton Senna como o grande amor de sua vida), estreou em Salve Jorge (na Globo). Xuxa foi para a Record e Junno foi junto. Nada contra! Até porque isso é muito normal no mundo todo, você quer ajudar quem está perto de você. Houve um tempo que em toda novela que a Glória Pires fazia tinha uma música do marido dela, o Orlando Morais, na trilha sonora. Tudo isso é só para falar do Bruno Montaleone, o namorado da Sasha, filha da Xuxa.
Antes de ser namorado de Sasha (cada dia mais linda e parecida com a mãe nos áureos tempos de rainha dos baixinhos), Montaleone já era ator. Fez Malhação Seu Lugar no Mundo, em 2015, como Glauco. No entanto, sua visibilidade quadruplicou. Ele é namorado de Sasha, a garota mais popular do país sem ser artista e é genro de Xuxa. Todos querem Montaleone. Walcyr quis.
Walcyr Carrasco chamou Montaleone para participar de O Outro Lado do Paraíso, o fenômeno das nove do momento, ou seja, é a chance de ouro do garoto, que tem nela a oportunidade de mostrar que tem talento, e não que está lá por ser namorado de ninguém. Ele fará o irmão de Mariano (Cazarré), que mentiu que fazia medicina. Estaremos de olhos no Montaleone. Nós e a Sasha (e a Xuxa).



Fonte das imagens: Brunno Rangel (Revista Quem).

Mariana Godoy é a maior estrela da REDETV! (mas a emissora parece não perceber isso)

O melhor programa da RedeTV! se chama Mariana Godoy Entrevista (não se pode dizer que é o único programa que vale a pena neste canal porque o Leitura Dinâmica também é muito bom). Mariana Godoy disse não a Globo porque a Globo não dava o valor que ela merecia: preferiram a Patrícia Poeta, na época, casada com um poderoso da emissora (nada contra Patrícia, que é uma ótima jornalista também), mas Mariana é incrivelmente melhor. Dizer não a Globo é dizer não também à Globo News.
Mariana é uma mistura de Sandra Annemberg com Marília Gabriela e é a melhor entrevistadora do país atualmente (Mariana Godoy Entrevista vai ao ar às sextas-feiras na RedeTV!).
Com essa onda de jornalistas indo para o entretenimento, Mariana funcionaria muito bem numa espécie de Estúdio i (da Globo News) diário. Marcelo de Carvalho está bobeando.
Mariana Godoy é a melhor apresentadora da RedeTV!, talvez não dê tanta audiência que a Sônia Abrão (tratada como a maior estrela da casa no quesito audiência), talvez não tenha a mesma facilidade que Luciana Gimenez (tratada como a maior estrela da casa por ser a ex de Jagger e a atual de um donos da emissora) de mandar e desmandar e ter o emprego garantido, mas tem carisma (carisma ou tem ou não tem). Mariana é carisma, é inteligência, é conteúdo. Nem vou comentar da Daniela Albuquerque (outra com ares de estrela).
Que a RedeTV! não seja igual à Globo, Mariana tem potencial para muito mais, porém o Mariana Godoy Entrevista não pode acabar, é de uma qualidade pouco vista no canal. Por mais Mariana Godoy no ar RedeTV!

sexta-feira, fevereiro 16, 2018

Quem assistiu à Baila Comigo afirma que se trata da melhor Helena de Manoel Carlos (melhor que a Helena de História de Amor?). Novela vai voltar!

A primeira Helena de Manoel Carlos
Assisti a quase todas as Helenas de Manoel Carlos na TV, quase, porque não era nem nascido quando Lílian Lemmertz, que também nunca vi atuar, viveu a primeira Helena. As Helenas da Regina Duarte, com a de História de Amor como a minha favorita, a de Maitê Proença e a de Vera Fischer foram perfeitas. Christiane Torloni e Júlia Lemmertz foram medianas, a da Taís Araújo foi chata, mas a Taís é chata como atriz. O Viva vai trazer de volta Baila Comigo, de 1981, com todo o jeito de ser na faixa hoje ocupada por Explode Coração, a novela da Dara e do Igor, que eu tanto esperei para rever.

A história: Helena (Lilian Lemmertz) deu à luz gêmeos, mas não pôde criá-los ao lado do pai, Joaquim Gama (Raul Cortez). Entregou um deles a Quim e criou o outro com o marido, o médico Plínio Miranda (Fernando Torres). Os gêmeos idênticos João Victor (Tony Ramos) e Quinzinho (Tony Ramos) cresceram sem que um soubesse que o outro existia.

Parece boa, né não?

Veja a abertura:

Glória Pires como Beth e o atropelamento da juíza Raquel são amostras do porquê do sucesso de O Outro Lado do Paraíso


Duas cenas de O Outro Lado do Paraíso há alguns capítulos mexeram com o emocional do público. A primeira delas foi a contagiante cena de Beth com o seu neto Tomaz. Glória Pires é a melhor atriz da novela, disparada! Quanta coisa já aconteceu com sua personagem nesses 100 capítulos. Glória brindou o público com uma atuação ímpar em todas as fases. Linda demais! A cena dela com o ator mirim Vítor Figueiredo foi natural, Glória no papel de avó (o tempo passa mesmo) foi gostoso demais de ver. Que sorriso é esse da Glória, né? Reconfortante!
A outra foi o atropelamento de Raquel. Foram os segundos mais caprichados da novela. Em nada deveu às cenas de ação dos melhores filmes de Hollywood. Érika Januza, que eu já adorava em Subúrbia, têm um quê de Isabel Fillardis como Ritinha da novela Renascer (1992). Brilhante!

Em tempo: a novela é um fenômeno, sua audiência é equiparada aos capítulos finais de A Força do Querer, o último sucesso da Globo. O Outro Lado do Paraíso tem pela frente um novo desafio. Ultrapassar Fina Estampa e Avenida Brasil, de 2011 e 2012, respectivamente. Ambas terminaram com média de 39 pontos. A novela da Beth e da Clara já acumula 36 pontos e faltam 72 capítulos para terminar. Alguém dúvida que ela consegue essa proeza?